Blog Boteco da poesia


26/01/2010


 

Histórias noturnas

Enxergo-te nos cômodos e cantos da casa

e, através da janela, 

nas tantas esquinas da minha vida; 

nos longos caminhos que caminho

de mãos dadas contigo, em pensamento,

e até mesmo nos dias embaçados pela neblina.

É tudo tão preciso, tão transparente,

que posso ver-te em estado pleno.

Enxergo-te tão  real, 

bem mais nítido que na fotografia 

do porta-retrato do outro lado do meu quarto;

bem mais vivo daquela que te identifica

na tua carteira de identidade.

Muito mais próximo de quando tu dormias

agarrado em mim demonstrando medo

de que eu me fosse de ti.

Bem mais excitante que o teu rosto de hoje no espelho,

quiçá amargurado e silenciado pela solidão

das muitas manhãs tuas sem mim.


Chicago, 22.01.10

Direitor autorais registrados.

Imagem: “Histórias noturnas” - Obra de Sally Storch, pintora norte-americana. 

 

Escrito por Mariza Brasil às 13h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
Estados Unidos, Illinois, Chicago, Mulher, de 56 a 65 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Música, Jardinagem

Histórico