Blog Boteco da poesia


09/10/2009


Insensatez

 

Um dia ela ousou a viver a vida,

dormindo e sonhando,

despida, no calor da noite,

com ele.

 

Anos depois, ainda extasiada,

ela continua a dormir e a sonhar

com a vida, na calmaria da noite,

e ao lado dele.

 

Ademais, com a mente vagando,

pensa no inevitável avanço da idade,

dias infindáveis, sossego,

as longas estradas que percorrerão juntos

e seu olhar armado de coragem,

antevê um final que lhe apraz:

Eles dois no sono eterno e, ela, em paz.

 

BH, 24/09/09

Imagem: Obra de Octavian Florescu.

Escrito por Mariza Brasil às 21h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
Estados Unidos, Illinois, Chicago, Mulher, de 56 a 65 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Música, Jardinagem

Histórico